Rosarinho & António - Wedding at Quinta das Torres | Azeitão

Fotografar casamentos traz-nos muitas coisas boas. Uma delas é poder conhecer sítios novos, lindíssimos que o nosso país tem para acolher quem se vai casar. Fotografar em locais diferentes é como combustível para a nossa imaginação. Inspira-nos! O cérebro não pára, as ideias surgem e o prazer de fotografar multiplica-se.

Foi o que aconteceu neste casamento que vos mostramos a seguir. Desde a preparação, à igreja e terminando na quinta, tudo foi perfeito! Conhecemos possivelmente a venue mais bonita que já fotografámos em Portugal: a Quinta das Torres, em Azeitão.

Se escolhêssemos uma só palavra para descrever este casamento seria: “Luz”. Porque desde a de Lisboa, ao pôr do sol na quinta, acabando na festa e nos neons… foi sempre a luz perfeita.


Photographing weddings brings us many good things. One of them is being able to know new, beautiful places that our country has to welcome those getting married. Shooting in different places is like fuel for our imagination. It inspires us! The brain goes into full-throttle, ideas arise and the pleasure of photographing multiplies.

This is what happened in this marriage that we will show you next. From the preparation, to the church and ending at the farm, everything was perfect! We know possibly know the most beautiful wedding venue we have ever photographed in Portugal: Quinta das Torres, in Azeitão.

If we chose a single word to describe this marriage it would be: "Light." Because from the luminosity of Lisbon, to the sunset at the farm, culminating at the party and the neons ... there was always a perfect light.

Susana & João: wedding at Quinta da Murta - Bucelas

Estamos de volta ao blog, desta vez para vos mostrar mais uma história de 2017, que nos levou até Lisboa para fotografar a união da Susana e do João na linda Igreja de Santa Maria em Loures. Este é provavelmente o casal com o riso mais fácil que fotografámos até hoje.

Seguimos depois para Bucelas, até à bonita Quinta da Murta, no meio de uma enorme vinha, com vista para as luzes de Lisboa lá bem ao fundo.

Entre muito vinho, gargalhadas e festa até bem tarde, saíram algumas das imagens que se seguem.

Isle of Skye: behind the scenes

Remember the post about the Isle of Skye elopement? Well, it was a great adventure!

Scotland is such an amazing place. The landscape is completely different from what we’re used to. The light (or the lack of it), the tones, the nature, the mountains, the houses… everywhere we went kept us inspired. We looked like kids in a candy store, climbing, jumping, ending the days with soaked socks and muddy shoes.

As you can imagine, since we landed at Inverness airport till we flew back again, we never stoped taking photos.

This is a different post. This is the BTS of a friends trip. The actors are: Luciana & João (the newly weds), Miguel & André (the Lapela’s) and the great video man Joel da Palma.

Lapela photography: Best of Weddings - 2018

Mais um ano passou.

Muitas horas passámos a fotografar. Muitas horas passámos a editar em frente ao computador. Milhares de imagens passaram em frente aos nossos olhos. Mas existe sempre aquela foto, que por alguma razão nos faz perder algum tempo a olhar para ela. Porque é um momento especial… porque conta uma história… porque nos preenche pela sua composição… porque sobressai pela sua luz… porque simplesmente gostamos e nem sabemos explicar como.

É esse o critério que usamos quando nos dispomos a tentar escolher as melhores das melhores. Porém, este é um exercício que nos ajuda a melhorar enquanto fotógrafos e a encontrar um estilo próprio, a nossa identidade, até chegar o dia em que alguém olha para uma foto nossa e sem saber diz: “Isto é Lapela!”

Aqui têm. Depois de algumas horas de debate entre nós os dois e muitos: “esta sai” vs “esta tem de de ficar”, apresentamos (com atraso) o nosso best of 2018!!


Another year has passed.

We photographed for many hours. And spent many more through edition at the computer. Thousands of images passed in front of our retinas. But there is always that photo, which for some reason makes us spend some time looking at it. Because it was a special moment... because it tells a story... because it fulfills us with its composition... because it stands out through its light... because we simply like it and cannot explain why.

This is the criteria we use when we are willing to do this hassle of trying to choose the best of the best. But this is also an exercise that helps us find our own style and identity, until the day comes when someone looks at our photo and unknowingly says, "This is Lapela!"

Here they are. After a few hours of debate between us two and many: "take this one out" vs "this one has to stay", we tardily present our 2018 best of!